sexta-feira, 20 de junho de 2014

COMUNICADO!!

Olá, fangbangers... 

Primeiramente, eu gostaria de me desculpar pelo longo hiatus em que o blog se encontra, e dizer que infelizmente manterei o hiatus. Espero que todos entendam, o tempo passa, a gente cresce, a responsabilidade bate na porta e o nosso tempo livre vai diminuindo; infelizmente não consigo mais encontrar tempo pra me dedicar a vocês como antes, mas saiba que nenhum de vocês foi esquecido.

Eu fico muito feliz com os e-mails que eu tenho recebido pedindo atualização pro blog, mas infelizmente eu não voltarei e peço perdão aos que ainda entram aqui regularmente.

Temos além da página, um grupo no Facebook e no Whatsapp, sempre tentando manter todos juntos e falando sobre uma das nossas séries favoritas. Espero que aos que gostam do blog, possam compartilhar por lá também.

Página oficial no Facebook: https://www.facebook.com/porratrueblood
Grupo oficial no Facebook: https://www.facebook.com/groups/porratrueblood/
Tópico para postar seu numero para o grupo no whatsapp: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=647441988676188&set=gm.633952510030200&type=1&theater

Quanto aos downloads dessa nova temporada, continuarei disponibilizando-os lá no Facebook para quem não tem HBO.

Espero que entendam e para os que nos acompanham até hoje, fica o meu agradecimento por tanta fidelidade.

GoodBye True Blood, Adeus Porra True Blood!

Zé Ninguém

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Filmagens da Sétima Temporada começa HOJE!

Eeee, cambada! Sentiram minha falta? Zé Ninguém ta de volta na parada. Com a notícia das filmagens começarem hoje, eu resolvi sair das minhas férias e colocar o blog de volta á ação, afinal, ano que vem ele se aposentará junto com True Blood.

Novamente, Stephen Moyer toma frente da direção do primeiro episódio. Episódio este que está intitulado como “Jesus Gonna Be Here.” Ainda não se sabe muito sobre o episódio ou a temporada no geral, mas saíram algumas fotinhos do set de filmagens que parece ser bem interessante, dê uma olhada:




Espero que role bastante ação e pancadaria nesses sets de filmagens. Estou com medo do que pode acontecer nessa última temporada. Vamos esperar pelo pior pra não nos decepcionar.

O que vocês acham? Comentem aí! Tirem as teias desse blog! 

Abraço,
Zé Ninguém.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

True Blood é cancelada!

Isso aí, galera. Como prevíamos, a sétima temporada de True Blood será a última. Podem começar a ficarem tristes, a essa altura do ano que vem o porra true blood fechará suas portas. 


Os atores tinham mesmo um contrato pra apenas sete temporadas e pelo rumo que foi a season finale da sexta temporada, parece que eles acharam melhor dar um fim mesmo sem renovações. Buckner declarou que fará o seu melhor para concluir a história de Sookie “com emoção, imaginação e, claro, diversão”.

Eis a nota que o presidente de programação da HBO, Michael Lombardo deu a respeito:

“True Blood tem sido nada menos do que uma série desafiadora para a HBO”, disse o executivo. “Alan Ball adaptou os livros de Charlaine Harris, reuniu um brilhante elenco liderado pela magnífica Anna Paquin no papel de Sookie Stackhouse, e criou um programa que levou vários fãs devotos para uma jornada inesquecível. Alan passou o bastão para Brian Buckner, que liderou nossos fantásticos roteiristas e equipe para uma espetacular sexta temporada, e nos guiará para uma sétima e última temporada desse seriado maravilhoso”, terminou Lombardo, prometendo um episódio final “fantástico”.
Agora o jeito é esperar que a sétima temporada tenha um final triunfante. Estou com um projeto pra criar outro blog sobre séries e filmes, o porra true blood me fez gostar de ser blogueiro e a companhia de vocês leitores é maravilhosa, espero que gostem da ideia.

A sétima temporada de True Blood deve estrear em meados de 2014 novamente com 10 episódios.

Waiting Sucks.
Zé Ninguém 

domingo, 25 de agosto de 2013

Mapa das Séries! Veja onde se localiza a cidade de Bon Temps! Entenda onde True Blood acontece!


Olá Fang Lovers!

Aproveitando esse intervalo de temporada, o que acham de ver a localização de algumas séries famosas ambientadas na terra do Tio Sam (falo dos EUA e não do titio Merlotte rsrsrsrsrs), incluindo True Blood?

Abaixo está o mapa, com créditos para o site Ligado em Séries, com uma "otimização" adaptada aqui pelo blog (Supernatural engloba todo os EUA):

Clique na imagem para ampliar

Como vocês puderam ver, ali na Louisiana está a nossa querida cidadezinha fictícia de Bon Temps. Isso mesmo! Bon Temps não existe na vida real! Mesmo assim... que saudade!!!!!

Para fim de contextualização, segue um resumo:

- O estado da Louisiana está localizado no Sul dos EUA, em um território que presenciou a Guerra Civil Americana e também a luta contra os franceses (dois fatos ligados, porém distintos). Culturalmente, por terem defendido a manutenção da escravidão no século retrasado (até a segunda metade do século XX), a região sul carrega o fardo de serem taxados de preconceituosos e cínicos. Podemos ver um exemplo disso na abertura da série, que ao mesmo tempo que mostra imagens de culto religiosos, também faz alusão a parte erótica do ser humano, como uma metáfora do "santo vs profano". Mas o sul americano também carrega um histórico de serem muito hospitaleiros e terem ótimas receitas culinárias. Quando falo da região sul, estou me referindo a toda região. Falando especificamente da Louisiana, esta sempre teve uma característica multicultural por influência dos imigrantes que lá se instalaram, o que explica a quantidade de vampiros estrangeiros em Bon Temps e o próprio nome da cidade que é de origem francesa.

Se for do interesse de vocês, pesquisem sobre a cultura, costumes, religiões, economia, política e demais características da Louisiana, pois esse material irá ajudá-los a entender grande parte das adaptações feitas na nossa amada série de TV. E falo sério, hein! Lá nos EUA, em algumas regiões, eles tratam a "ferro e fogo" a tradição familiar (costumes, profissões, patrimônio, o sobrenome, etc) e observando esse lado cultural e histórico, podemos entender a importância de alguns núcleos da série que são desprezados por grande parte dos fãs. Por exemplo, os Bellefleur que mantém a tradição de ter militares há mais de 3 gerações, são uma família influente na cidade, dentre outros fatos.

Enquanto a 7ª temporada não chega, estaremos "alimentando" vocês com informações novas ou dissecando alguns detalhes da série!

Johnny_Biter v--v

terça-feira, 20 de agosto de 2013

O destino de Eric Northman e os outros personagens

Os fãs de True Blood ainda estão de luto por Eric Northman depois da season finale de True Blood nesse Domingo... Desnecessariamente, diz Brian Buckner. O manda chuva da série deu uma entrevista ao tvline.com contando o futuro dos personagens na sétima temporada e claro, a do Eric também.


Quando perguntado se o ator Alexander Skarsgard iria sair da série, ele confirmou: 
"Alexander Skarsgard fará parte da sétima temporada, sim" 
A letra tem que ser grande pra vocês entenderem. Ele diz que está ciente que os fãs não gostam da ideia de ver o Skars fora da série, sendo assim, ele continuará sendo um dos personagens principais na próxima temporada.

Agora os fãs da série e os Team Eric podem se acalmar, quem está falando não é um blogueiro qualquer que gosta de escrever sobre True Blood, e sim o fodão que manda em tudo por lá.

 Leiam na íntegra a entrevista completa do Brian, onde ele fala também do nu frontal que o Alex aceitou de boa em fazer, sobre o possível envenenamento da Tara e o namoro de Sookie e Alcide:

Acho que o Eric não aparecerá do nada vivo e bem na sétima temporada, não é?
Não. Isso seria trapaça, não é? Pam foi procurar por ele e talvez ela o encontre, quem sabe?
Vamos falar sobre a cena onde Alex fica nu. Que tipo de “conversa por trás das câmeras" vocês tiveram a respeito da cena?
Não houve exatamente uma conversa com ele. Ele é Sueco. Eles ficam pelados o tempo todo. Por falar nisso, eu vi o que tivemos na câmera  Eu enviei a ele um e-mail dizendo: ”Nós vamos aprovar a cena, está tudo bem pra você ” Ele disse “No problemo” Essa foi a conversa. Não poderia ter sido mais fácil.
A reação do público te surpreendeu? Ou a ele?
Acho que ás vezes nós nos impressionamos com a quantidade de gente que se importa demais. Mas eu não acho que foi surpresa terem se importado. Ele sabia que estava dando um grande presente a todos. (risadas)
Me fale sobre a decisão de pular pra seis meses depois.
Olha, nós estamos indo para a sétima temporada. Estou ciente de que as pessoas gostam do que já é familiar pra elas, mas nós temos que mudar. Nós temos que ser capazes de girar a historia pra um outro ângulo. Havia pontos da história que nem eu nem os outros escritores queriam mostrar. A precipitação do que Bill tinha feito, por exemplo... Nosso show é tão limitado pela estrutura narrativa. Nós não somos 24, mas estamos bem perto –e ás vezes é refrescante ser capaz de embaralhar as cartas. Pra mim é divertido. Nós obviamente pegaremos algumas peças e explicaremos como certas coisas aconteceram. Mas o que eu acho que algumas pessoas acharam chocante, pra mim, foi muito refrescante. É isso: O mundo mudou, o vírus sofreu uma mutação e esta é a maneira como as coisas vão acontecer agora. Enquanto isso, a vida bate nessa pequena cidade.
A série tem flertado com Sookie e Alcide por anos. Por que agora foi o melhor momento de puxar o gatilho?
Em um mundo onde quase todo mundo é alguma criatura de algum tipo, Alcide é o mais humano de todas. Não quer dizer que foi sua temporada mais humana. Todos nós sentimos a mesma coisa que o público estava sentindo, que Alcide precisava voltar a si. Quanto a Sookie, essa foi a oportunidade que ela viu pra falar “Sem mais vampiros”. Ela investiu em Warlow sem saber que ele era um vampiro, então ela estava tentando. Isso mostra o crescimento de Sookie. Quer dizer, eu acho que ele é um galã, então pelo menos ela está recebendo seu pedaço. (risos) Pra mim, com Eric fora da sua vida, eu acho que é bem obvio o triângulo que estamos preparando entre Bill, Sookie e Alcide.
O salto do tempo nos privou do seu namoro, embora.
-Sim. Pulamos algumas coisas. O que não quer dizer que o público vai ser privado de cenas de amor entre eles daqui pra frente. (NÃÃÃÃÃOOO)

Haverá um reset de Bill na sétima temporada?
Com certeza.  Nós não queremos que Bill seja um babaca. Considerando que o show que eu mais gosto de assistir agora, Breaking Bad e Walter White está em uma trajetória descendente, com as conseqüências de suas ações, a pergunta que nós vamos fazer na próxima temporada é: Bill pode ser perdoado? Porque ele fez suas intenções claras. Uma coisa que eu notei - e eu provavelmente não deveria ler tanto quanto eu estive lendo, mas eu tenho, em termos de reação do público - é a ideia de que os personagens não podem mudar. Vou deixar uma coisa bem clara: essa ideia de que Lettie Mae está tentando envenenar Tara é um absurdo. Isso é verdadeiro. Ela está tentando se redimir. E eu percebo que na série, pelo enredo nos impulsionar a tantos anos á coisas ruins, você insere um “ato duvidoso” na maneira dos personagens agirem, e eles agem como nós esperamos. É isso o que está acontecendo. Quando deixamos que os personagens mudem de verdade, quando deixamos de ver o personagem pelo mesmo caminho que ele sempre perseguia, eu acho que as pessoas ficam perdidas sobre o que pensar.

Assim, sobre Lettie Mae e Tara, pra não dizer que ta tudo indo muito bem, o conflito entre as duas não será o envenenamento. Da mesma forma, eu acho que o Bill não tem um truque na manga no momento. Acho que ele está sendo verdadeiro.  A verdadeira questão é sobre o perdão.
O que nós podemos esperar da sétima temporada?
O show começou como: "Vamos ver se os vampiros e os seres humanos podem se dar bem." Estamos voltando para a promessa original do show. E porque os seres humanos e vampiros estão sendo forçados a ficar juntos, vamos estar examinando isso com todos os nossos personagens. Estes são relacionamentos complicados agora, porque eles estão se alimentando - não é necessariamente sexo, mas as coisas são, por vezes, confusa, especialmente nas mentes dos vampiros.

Essas são as palavras do Brian. Embora eu não goste do MODO que ele está fazendo a história se desenrolar, eu gosto do que ele está tentando fazer. Gosto do modo otimista dele de falar que as pessoas podem mudar. Sim, elas realmente podem mudar. O que assusta nós, fãs, é a rapidez que isso tem acontecido na série. Eles estão atropelando os acontecimentos e tentando voltar tudo do começo. Gosto da ideia da série estar voltando ás suas origens, onde quem importava mesmo eram os vampiros e não lobisomens, panteras, fadas, fadas-vampiros, deuses vampiros, metamorfos e todas essas merdas.

Talvez a decisão de Sookie com Alcide tenha sido precipitada além da conta, mas talvez seja interessante ver isso com outros olhos... Ou não. Está bem óbvio que, assim como Alan Ball, Brian também deve achar que Sookie e Bill são almas gêmeas. Outro triangulo amoroso, agora envolvendo o cachorro molhado do Alcide, vai ser complicado engolir. Esse negócio dos escritores serem Team Bill ta fodendo tudo.

Quanto á Lettie Mae e Tara... Também tive a impressão de que ela estava tentando enganar a filha assim como muitas outras pessoas. É muito bom ele ter tirado essa dúvida da nossa cabeça, mas ainda fica muito confuso toda essa quantidade de personagens mudando e sendo bonzinhos (ou malvados) do dia pro outro.

Hoje a noite tem mais um post, uma continuação da minha review. Fiquem ligados.

Zé Ninguém

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Review da Season Finale 06x10 - Radioactive

Olá, fangbangers! Todo mundo já assistiu o último episódio dessa temporada? Quem já assistiu e quer compartilhar ideias, esse é o lugar certo. Essa é a minha opinião sobre a temporada em geral, ninguém precisa concordar ou descordar, apenas analisar e também expor suas opiniões. Vamos lá?


Já deu pra perceber que os fãs de True Blood são exigentes além da conta. Por onde se passa nos grupos de True Blood, fóruns e afins, existem pessoas comentando sobre a insatisfação que foi a season finale da sexta temporada. Aqui no Porra True Blood eu quero que as coisas sejam vistas por um ponto diferente dos demais, especialmente aos que se intitulam Team Eric. Todos nós concordamos que de acordo com a ótima temporada que estávamos tendo... Porque sim, eu acredito que a sexta temporada foi uma das melhores que já tivemos, mas a season finale foi de longe insatisfatória, True Blood não se enquadra apenas em Eric ou Bill, existem muitos outros personagens e muitas outras histórias pra se contar. O problema talvez esteja aí mesmo, esse episódio inteiro foi uma loucura.

Antes de continuar com o meu review, por favor, galera, acalmem a xereca. Eric NÃO morreu e provavelmente nem irá. Os produtores não seriam burros de tirar uma peça tão importante da série de uma forma estúpida como aquela. Aquilo foi só uma trollada básica da HBO, pra fazer todo mundo ansiar por mais um ano até a próxima temporada já confirmada. No fim, todo mundo sabe que, de alguma forma, Eric vai se salvar. Sendo cavando um buraco naquela porra de montanha ou Pam, de alguma forma chegar salvando o viking. Única coisa que sabemos é que os atores principais tem um contrato pra até sete temporadas, se não renovados... Então não acredito, nem de uma forma nem de outra, que o Eric morrerá nessa altura do campeonato. Então por favor, parem de gritar pela internet afora que vocês vão parar de assistir True Blood porque Eric morreu, porque essa é uma afirmação que não tem procedência. Mesmo que de alguma forma os escritores sejam realmente burros e matem o Eric, acho que ainda vale a pena continuar assistindo a série. Como eu disse, True Blood não gira em torno de apenas um personagem, nem mesmo de Sookie Stackhouse.

Começamos com uma temporada promissora. Um novo diretor executivo, uma nova história, novos vilões e muita ação. Do episódio 1 ao 9 a temporada no geral estava sendo eletrizante. Como toda temporada, vários furos foram ocorrendo... Personagens demais sem ter o que fazer ou fazendo coisas desnecessárias. Muita morte acontecendo e muitos personagens novos aparecendo. Em um momento ali, os escritores pareciam se perder.


Bill e Lilith, que na quinta temporada era o que movimentava a história e prometia ser o auge da sexta, de repente já não eram nada. Durante quase toda a temporada Bill ficou preso com um cientista em seu porão, tentando sintetizar um sangue que, no final, acabou resultando em NADA. Bill que nas primeiras temporadas era um personagem de imensa importância, ficou esquecido em meio aos furos dessa temporada, brincando de ser Deus o todo poderoso. Não falo isso por gostar ou não gostar dele...Mas a minha opinião crítica diante do que o personagem fez para a história é essa. Quem foi Bill nessa temporada? Bill fracassou pra então brilhar o vampiro alto e loiro. Que sem delongas, tratou de descobrir o que estava acontecendo, se infiltrando e resolvendo o problema.
Bill de repente é Bill novamente. Lilith não existe mais em seu sangue e em sua vida. De repente os poderes dele sumiram e agora ele se lembrou que ama Sookie e o que ele fez foi errado. Lá temos de volta o Bill inseguro e devoto a Sookie. Única coisa que eu realmente espero agora é que ele não perca tempo lamentando por ter perdido a loira. Ao que parece, agora ele está ocupado escrevendo livros sobre sua experiencia de quase Deus e ajudando o bom Sam com a comunidade.


Warlow, que prometia ser o grande vilão da temporada assim como Bililith, acabou por ser mais um personagem inútil tentando romanticamente foder a vagina mágica de Sookie. Warlow, aquele príncipe charmoso e conquistador dos primeiros episódios, de repente mostra o monstro que sempre pensávamos que ele seria. Sua inutilidade durante toda a temporada, que em sua maior parte, ficou preso dentro do plano das fadas, acabou tão inútil como começou, morto facilmente pelas mãos de Jason e o vovô Nial, que surgiu sem avisar novamente ao plano dos humanos. Warlow prometia ser um vilão maravilhoso mas novamente os escritores perderam a oportunidade de assim faze-lo.

Sookie de repente fica com Alcide. Assim, sem mais nem menos... Não tem Eric, não tem Bill e não tem Warlow, então ela decide investir no cachorrinho que sempre correu atrás dela. Isso significa que estamos livres de uma vez por todas do plot do bando de lobos, ótimo... Mas o que será que isso sugere pra sétima temporada? Eu não consigo ver esse dois juntos. Pra mim, eles simplesmente não se encaixam.

Vampiros brincando de vôlei no sol e Jason devoto a apenas uma mulher... Que se quer abre as pernas pra ele, foi uma das coisas mais idiotas que ocorreram nesse episódio. Sem contar a cena patética e desnecessária do Eric queimando em uma montanha na Suécia.


Por falar nessa tão falada cena, vamos fazer um análise; Ainda estou tentando entender o porque ele tinha que estar pelado... Eu fico imaginando a cara do Alexander ao ler essa cena. Fico imaginando também como ele pode se sujeitar a tal cena. Quem foi o idiota que escreveu isso e porque essa merda foi aprovada? Qual a mensagem que eles estavam tentando passar? Que Eric tava cansado da vida em Bon Temps e que decidiu tirar a roupa, pegar um livro e aproveitar a leitura em uma montanha congelada na Suécia? Um pretexto da HBO apenas pra mostrar ao público como o Viking é bem dotado mesmo com o pingulim quase congelado? Não sei qual foi a merda da mensagem, muito menos depois de vermos o grande vampiro alto e loiro queimar sem procedência nenhuma.


A imagem da Pam voando ao encontro dele talvez sugira que ela irá salvar a bunda queimada dele. Mas como? Se o efeito do sangue de fada passou pra todos os outros vampiros, também passou pra ela. E é exatamente isso que os escritores querem que aconteça. Eles querem que nós fiquemos pensando nessa merda por 9 meses. Eric foi uma peça insubstituível nessa temporada. Do primeiro momento ao último... E quando falo último, me refiro a ele voando longe das instalações das prisões e não ele queimando inutilmente em uma montanha na Suécia. Eric fez tudo o que o Bill não foi capaz. Entrou nas instalações do governador, matou quem tinha que matar, soltou quem tinha que soltar, enquanto Bill se sujeitou apenas em alimentar os vampiros na sala branca. Não acredito que esse seja o fim do personagem. De alguma forma, ele sairá dessa.

Seis meses se passaram e muita coisa mudou em Bon Temps. Sam agora é Prefeito e com um bebê a caminho. A gente não sabe como isso aconteceu e talvez a gente acabe sabendo na sétima temporada, mas enquanto isso, eu de verdade, não to nem aí. Esse Sam sai de uma roubada pra entrar em outra. O que o cara queria era ficar quietinho na dele e ele se candidata pra ser prefeito justo de uma cidade como Bon Temps? Quem prevê bucha pra ele na sétima temporada? Eu sim.


E agora, o que eu faço com a minha camiseta linda do uniforme de Merlote’s? Jogo fora? Porque agora o bar se chama Bellefleur's Bar e Grill. WTF? Aquele bar era praticamente um personagem na série e não se muda o nome de um personagem da série... Entende? Eu não to nem aí pra Sam ser prefeito ou não, eu quero que o Merlote's volte a se chamar Merlote's. Porque Arlene não poderia ter mantido o nome?


A ideia que talvez tenhamos da próxima temporada é que os vampiros infectados com o Hep V, façam uma bagunça tremenda por lá. A ideia de proteção é que, pra cada humano saudável, um vampiro saudável o proteja, mas Bon Temps é uma cidade cheia de preconceitos acerca dos vampiros. Acho que nem todos vão acabar aceitando a ideia de alimentar um vampiro com seu próprio sangue em troca de proteção, mesmo que seja realmente necessário. A série se chama True Blood, então espero que eles voltem a produzir o sangue sintético pra fazer tudo voltar ao normal naquela bagaça.

O manda chuva, Brian Bucker, mais cedo havia dito que ele quer que True Blood volte ás suas origens. Diante dos acontecimentos que ocorreram nessa season finale não tenho certeza de que essa é uma boa ideia se não for bem trabalhada. Talvez eu esteja sendo muito crítico a respeito de tudo, mas acho que se você percorre uma estrada tão longa que já é True Blood, é impossível dar meia volta com o mesmo combustível e chegar onde se quer chegar. A ideia é ótima e eu espero que os escritores sejam mais eficientes ao escrever uma história que nos prendam episódio por episódio e que nos façam realmente gostar e querer ver a próxima temporada. True Blood é uma série em que tudo pode acontecer, mas eles tem que tomar cuidado e respeitar o desejo dos fãs.

Meu review está propositalmente superficial, mas isso tem um motivo; ao longo da semana escolherei outros personagens e comentarei mais a fundo o trabalho que cada um fez na temporada inteira, por isso, continuem ligados no blog e nos comentários que temos a fazer. Enquanto isso, comentem aqui a respeito do review em geral.

Será uma grande espera até a sétima temporada e nós do blog estaremos ligados em qualquer notícia, spoilers e novidades. Qualquer indício da sétima temporada, estaremos postando aqui, então fiquem ligados.

Waiting Sucks.
Zé Ninguém